incentivo
Regulamento do circuito

 

REGULAMENTO

 

Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2016

 

  • Regulamento Atualizado em 14/03/2016
  • Sujeito à alteração!

 

 

 

01. LOCAIS

O Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2016 realizará seletivas estaduais entre estudantes de instituições de ensino público e particular, de acordo com os locais e datas a seguir:

 

Região Sul: Local de disputa em Porto Alegre. 20/04/2016 á 14/05/2016

Quem pode se inscrever:

Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina. Poderão disputar a etapa de Porto Alegre.

 

Região Sudeste: Local de Disputa São Paulo. 21/04/2016 á 15/05/2016.

Quem pode se inscrever:

São Paulo, Rio de Janeiro, Espirito Santo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal.

 

Região: Mato Grosso e Norte e Nordeste: Local de Disputa Salvador. 22/04 á 16/05/2016

Quem pode se inscrever:

AC, AP, AM, PA, RO, RR, TO, AL, BA, CE, MA, PB, PI, PE, RN, SE

 

02. CATEGORIAS

Em cada Região, os estudantes das instituições de ensino público e particular serão divididos entre as seguintes categorias:

  • 12 anos masculino e feminino (simples e duplas)

Obs 1 – Esta categoria é destinada a estudantes com idade até 12 anos, que estejam devidamente matriculados no ensino fundamental (1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª ou 9ª série) ou médio (1º, 2º e 3º colegial), em instituições de ensino da respectiva Região.

Obs 2 – Estudantes que completem 13 anos durante o ano de 2016 não podem se inscrever nesta categoria, mesmo os que completem a idade somente no dia 31 de dezembro de 2016.

 

  • 14 anos masculino e feminino (simples e duplas)

Obs 1 – Esta categoria é destinada a estudantes com idade entre 13 e 14 anos, que estejam devidamente matriculados no ensino fundamental (1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª ou 9ª série ou médio (1º, 2º e 3º colegial), em instituições de ensino da respectiva Região.

Obs 2 – Estudantes que completem 15 anos durante o ano de 2016 não podem se inscrever nesta categoria, mesmo os que completem a idade somente no dia 31 de dezembro de 2016.

 

  • 18 anos masculino e feminino (simples e duplas)

Obs 1 – Esta categoria é destinada a estudantes com idade entre 15 e 18 anos, que estejam devidamente matriculados no ensino fundamental (1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª ou 9ª série ou médio (1º, 2º e 3º colegial), em instituições de ensino da respectiva Região.

Obs 2 – Estudantes que completem 19 anos durante o ano de 2016 não podem se inscrever nesta categoria, mesmo os que completem a idade somente no dia 31 de dezembro de 2016.

Obs 3 – Esta categoria não aceita inscrições de atletas que apesar de terem idade entre 15 e 18 anos já estejam cursando a universidade.

 

  • Universitário masculino e feminino (simples e duplas)

Obs 1 – Esta categoria é destinada a estudantes de qualquer idade que estejam devidamente matriculados em um curso universitário, em instituições de ensino da respectiva Região.

Obs 2 – Esta categoria não aceita inscrições de estudantes matriculados em cursos de pós-graduação, mestrado ou qualquer outro de extensão universitária.

 

02.01 OUTRAS OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

Obs 2 – A competição não aceitará inscrições de estudantes de cursos preparatórios para vestibular, de pós-graduação, de mestrado, de extensão universitária, de idiomas, técnicos ou profissionalizantes.

Obs 3 – Caso seja detectada desobediência às observações anteriores, o atleta será eliminado da competição em qualquer fase da disputa, inclusive após a realização da final, perdendo o direito ao prêmio.

 

03. PROVAS          

O Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2016 será disputada nas provas de simples e de duplas das categorias:

 

-       12 anos masculino;

-       12 anos feminino;

-       14 anos masculino;

-       14 anos feminino;

-       18 anos masculino;

-       18 anos feminino;

-       universitário masculino;

-       universitário feminino.

 

04. FORMA DE DISPUTA

4.1     O Circuito de Tênis Escolar e Universitário será disputado pelo sistema eliminatório.

4.2     Todas as partidas de simples e de duplas serão disputadas em melhor de dois sets normais com tie-break e vantagem. Se necessário, o terceiro e último set será disputado em melhor de 10 pontos (match tie-break).

4.3     Em caso de chuva ou qualquer outro impedimento, o árbitro geral da competição e os organizadores do evento definirão a melhor forma de disputa.

 

5. FORMATO DAS CHAVES

Categoria Masculino Simples - 64 jogadores (sendo 56 diretos e 8 via wild card)

Categoria Masculino Duplas - 32 duplas (diretos)

Categoria Feminino Simples - 32 jogadoras (sendo 26 diretos e 6 via wild card)

Categoria Feminino Duplas - 16 duplas (diretos)

 

6. COMPOSIÇÃO DAS CHAVES

Caso as chaves atinjam sua capacidade máxima, serão observados os seguintes critérios:

 

6.1 Cada instituição de ensino terá direito a, no máximo, 3 vagas em cada chave de simples e a 2 vagas em cada chave de duplas (4 tenistas), por categoria e sexo.

 

6.2 Cada instituição de ensino, para ocupar suas vagas, poderá ter, no mínimo, 1 jogador e no máximo 7 atletas.

 

6.3 Para escolha dos tenistas serão observando os seguintes rankings:

 

      • Juvenil (12, 14 e 18 anos) – 1º nacional e 2º federação local; e
      • Universitário – 1º ATP ou WTA, 2º ITF, 3º nacional e 4º federação local.

 

Único – Respeitando os critérios de quantidade de tenistas por instituição.

 

07. SORTEIO DAS CHAVES

 

7.1 Os cabeças-de-chave de simples e de duplas do Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2016 serão definidos de acordo com o ranking do tenista, nesta ordem de prioridade:

 

O ranking utilizado será da semana que antecede a disputa de cada categoria.

 

* categoria juvenil (12, 14 e 18 anos) –  1º nacional e 2º federação local; e

 

* categoria universitária – 1º ITF ou ATP, 2º ATO ou WTA, 3º nacional e 4º federação local.

 

7.2 O árbitro geral de cada etapa fará os sorteios das chaves de simples e de duplas.

 

7.3 Caso os tenistas não possuam ranking, a escolha dos cabeças-de-chave será feita por meio de sorteio e/ou critério técnico.

 

08. Inscrições

 

08.01 As inscrições para o Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2016 são gratuitas.

 

08.02 Os períodos de inscrições de cada etapa serão anunciados pelo site www.escolaruniversitario.com.br

 

08.03 Para inscrever-se, preencha a ficha de inscrição disponível no site www.escolaruniversitario.com.br. O comprovante de vínculo à instituição de ensino a qual pertença deverá ser apresentado ao arbitro geral antes do seu primeiro jogo. Somente com a apresentação desse comprovante o jogador esta apto a participar do torneio.

 

08.04 Para compor as duplas, os tenistas não precisarão ser da mesma instituição de ensino.

 

08.05 Para se inscrever na chave de duplas basta se apresentar ao arbitro geral, na sede dos jogos, no primeiro dia de jogos de simples da sua categoria.

 

09. DESISTÊNCIA

Em caso de desistência, antes do início do primeiro jogo de cada categoria, a substituição do(s) tenista(s) poderá ocorrer normalmente, respeitando sempre o número de vagas a que tem direito cada instituição e a ordem de assinatura da lista de “alternate”.

Só poderão substituir os tenistas desistentes os atletas que tenham assinado a lista de “alternates”, disponível junto ao arbitro geral, até meia hora antes do início da primeira rodada de cada categoria e chave.

 

10. WO

 

10.1 O tenista que perder por WO, em qualquer rodada, não terá seus pontos computados para a disputa da “Melhor Instituição de Ensino”.

 

10.2 O tenista que desistir da competição por impedimento físico ou de força maior, desde que avaliado pela médico/fisioterapeuta do torneio e comunicado ao árbitro geral da competição, terá seus pontos validados.

 

10.3 Caso o atleta perca por wo em simples, ele poderá disputar a chave de duplas e vice-versa.

 

                                                                                                    

11. PREMIAÇÃO DA COMPETIÇÃO

 

INDIVIDUAL:

 

11.1   Em todas as disputas do Circuito de Tênis Escolar e Universitário, os campeões e vices serão premiados com troféus e medalhas nas provas de simples e de duplas. Serão considerados terceiros colocados os semifinalistas que tiverem perdido para os campeões da chave.

 

11.2   Os campeões de simples do Circuito de Tênis Escolar e Universitário, em cada categoria, receberão como prêmio uma bolsa de treinamento na sede de Barcelona da Academia Sanchez-Casal, incluindo passagem aérea, treinamento de tênis, traslado aeroporto-academia-aeroporto, café da manhã, almoço, jantar, hospedagem e curso de idiomas.

 

11.2.1         Para embarcar à Espanha, os atletas devem estar com toda sua documentação pessoal em ordem, incluindo visto e passaporte. Todo este processo é de inteira responsabilidade do atleta, sempre obedecendo aos prazos estabelecidos pela organização do evento.

 

11.2.2 Na impossibilidade de o campeão usufruir do prêmio do item 11.2, este será automaticamente repassado ao vice-campeão e/ou terceiro colocado e/ ou quarto colocado.

 

( W.O não terá validade para qualificar como beneficio da viagem )  

 

11.2.3 O prêmio do item 11.2 só poderá ser usufruído pelo contemplado na data programada pela organização do torneio, ou seja, o atleta que não estiver apto a viajar na data estipulada pela organização perderá o direito ao prêmio.

 

 INSTITUIÇÃO:

 

11.3   Serão consideradas campeãs do Circuito de Tênis Escolar e Universitário, com direito a troféu, as instituições de ensino escolar e universitária que conquistarem a primeira colocação no ranking da competição, após a soma dos pontos de seus atletas nas chaves de simples e de duplas, masculino e feminino. Para esta premiação, serão considerados os resultados dos sete melhores representantes (tenistas) de cada instituição.

 

12. PROGRAMAÇÃO DOS JOGOS

 

Durante toda a disputa, a programação de jogos do Circuito de Tênis Escolar e Universitário será disponibilizada em um quadro de avisos do evento, disposto na sede dos jogos, junto à sala de organização da competição.

 

13. PONTUAÇÃO DA ETAPA – “Melhor Instituição de Ensino”

 

Para definir a “Melhor Instituição de Ensino Escolar” e a “Melhor Instituição de Ensino Universitário”, as instituições terão computados os pontos de seus sete melhores representantes (sendo 3 jogadores em simples e 4 em duplas), de acordo com a tabela abaixo:

 

  • campeão = 57 pontos
  • vice-campeão = 38 pontos
  • semifinal = 25 pontos
  • quartas-de-final = 13 pontos
  • oitavas-de-final = 07 pontos
  • primeira rodada = 01 ponto

Obs.: Nas duplas formadas por tenistas de mesma instituição, os pontos para a “Melhor Instituição de Ensino da Competição” serão outorgados com 100%. Nas duplas formadas por tenistas de diferentes instituições de ensino, os pontos serão outorgados com 50% para a instituição de cada atleta.

 

14. CRITÉRIOS DE DESEMPATE

 

Em caso de empate na decisão de “Melhor Instituição de Ensino da Competição”, serão considerados quatro fatores, na ordem abaixo:

 

1º - maior número de títulos de simples;

 

2º - maior soma de títulos (simples e duplas);

 

3º - número de vitórias dos representantes da instituição de ensino; e

 

4º - sorteio.

 

15. UNIFORMES

Cada jogador receberá uma camiseta oficial do Circuito de Tênis Escolar e Universitário por partida. A peça será de uso obrigatório, exceto em casos que o tenista apresente ao árbitro geral contrato de patrocínio, juntamente com o uniforme no qual as logomarcas do patrocinador estejam dispostas de acordo com as regras oficiais do esporte.

 

16. BOLA OFICIAL

A bola oficial do Circuito de Tênis Escolar e Universitário será da marca à definir.

 

17. TREINOS

Os tenistas poderão treinar no local dos jogos da chave principal desde que haja quadra disponível.

 

18. CONDUTA ANTI-DESPORTIVA

 

18.1 O tenista que tiver uma conduta desportiva não compatível com os padrões do tênis, dentro das quadras ou em qualquer ambiente do evento, será eliminado da disputa, dependendo da gravidade de seu ato. O tenista é responsável ainda pela conduta de seus acompanhantes (pais, amigos, técnicos, etc), em qualquer ambiente do evento.

 

18.2 Se o tenista for desclassificado de uma partida, por motivo de violação do código de conduta, estará automaticamente eliminado da competição (simples e duplas).

 

19. ALTERNATES

Os tenistas, legalmente inscritos via instituição de ensino, que não conseguiram vaga na chave principal do Circuito de Tênis Escolar e Universitário, poderão tentar participar da competição como “alternates” da seguinte forma:

 

  • O árbitro geral terá sua lista final de tenistas inscritos onde estarão listados todos os tenistas “alternos”. Assim, o tenista interessado deverá apresentar-se ao árbitro geral para assinar a respectiva lista de “alternos” dentro do prazo mencionado;
  • O prazo de inscrição na lista de “alternates” será encerrado sempre 30 minutos antes do início da primeira partida da chave da sua categoria;
  • Caso haja a ausência de algum jogador, antes de efetuar o seu primeiro jogo, este jogador poderá ser substituído por um tenista “alternate”;
  • Os tenistas interessados em ingressar na chave principal como “alternates” deverão apresentar-se para assinar a lista todos os dias que ainda tiver jogos da primeira rodada programados;
  • Os tenistas inscritos na lista de “alternates” poderão se inscrever na de duplas, sem nenhuma restrição, mesmo que não tenham conseguido jogar a prova de simples.

 

19. CASOS OMISSOS

 

Os casos omissos serão julgados por uma comissão do Circuito de Tênis Escolar e Universitário 2013, composta por representantes da organização do evento e pelo árbitro geral da competição.

 





© 2017     Todos os direitos reservados
bd
REDES SOCIAIS